Emocionado, Lomba agradece torcida do Bahia: ‘Felicidade não se compra’

Posted on novembro 29, 2011 por

0


Quando 2011 começou, Marcelo Lomba não imaginava o desfecho que teria. Afastado do grupo principal do Flamengo, depois de ter sido titular por um período, e com um bebê a caminho, o futuro era incerto para o goleiro. Negociações entre o clube carioca e outros times brasileiros estavam em andamento, mas seria o Bahia o destino do jogador. Quando estreou diante dos torcedores tricolores, Lomba não sabia que aquele 12 de junho marcaria o início de uma relação de carinho sincero entre ele e a torcida.

Em entrevista exclusiva concedida ao comentarista Darino Sena, do Globo Esporte Bahia (assista à íntegra no vídeo ao lado), o goleiro se emociona ao relembrar as dificuldades que enfrentou até conquistar o status de ídolo do Bahia, fala em renovação de contrato e agradece a força passada pela torcida do Tricolor baiano.

– Esse ano terminou bem, mas passei por dificuldades no começo, então soube valorizar. Quando houve o convite do Bahia, vim correndo, porque eu vivia uma situação difícil. De primeiro goleiro, passei a treinar separado. Minha esposa estava grávida, meu filho estava para nascer, e eu não sabia o meu futuro. Aí eu chego no Bahia, as coisas começam a acontecer. E essa é uma das maiores razões pelas quais eu quero ficar aqui. Esse ano foi muito difícil para mim.

Como retribuição pelo carinho dos baianos, Lomba revela que fará de tudo para ficar no Fazendão na próxima temporada. No entanto, o Flamengo, que detém o passe do jogador, pode atrapalhar os planos.

– Vou fazer todo esforço para ficar aqui no Bahia, porque felicidade não se compra. Estou muito feliz. Eu e minha família estamos adaptados. Queremos ficar mais para retribuir o carinho da torcida. O único empecilho é que o passe pertence ao Flamengo, é ele que decide meu futuro. O contrato vai até maio. Não quero que a torcida fique em dúvida. Minha permanência é 99%, por eu querer e porque o Bahia demonstra interesse. Então a gente vai negociar essa semana – afirmou.

Consagrado como um dos melhores goleiros da temporada, Lomba não esquece que o começo do Campeonato foi complicado. Recém-chegado ao Tricolor, o arqueiro precisou superar as dúvidas do torcedor e da imprensa.

– O momento mais difícil foi o início. O time estava meio desmontado, em uma transição do Campeonato Baiano para o Brasileiro. A gente demorou quatro jogos… Acho que só fomos vencer o quinto jogo, contra o Fluminense. Eu temia, não sabia da capacidade do time, e a torcida estava desconfiada – lembrou o arqueiro.

Na boa fase cabe até pensar em Seleção Brasileira. E se a consagração de vestir a amarelinha chegasse enquanto o goleiro defendesse o Bahia?

marcelo lomba em entrevista ao globo esporte bahia (Foto: Reprodução/TV Bahia)‘Minha permanência é 99%’, afirma Marcelo Lomba 

– O Bahia nunca foi pequeno, mas passou alguns anos na Série B e na Série C. Agora voltou e já botou jogadores de Seleção Brasileira. Então chegou a hora do Bahia acreditar no potencial que tem. Vai ser o maior orgulho um dia chegar à Seleção Brasileira e estar vestindo a camisa do Bahia. O Bahia tem uma projeção muito grande. Eu posso crescer junto com o Bahia.

As turbulências passaram, mas algumas contradições permanecem. Líder no Troféu Armando Nogueira, Lomba não foi indicado ao prêmio de melhor goleiro da CBF, o Craque do Brasileirão. Concorrem ao prêmio Jefferson, do Botafogo, Fernando Prass, do Vasco, e Júlio César, do Corinthians. Apesar de decepcionado, o goleiro do Bahia diz que tem outra recompensa, mais valiosa que um troféu.

– A gente cria expectativa, pelo que a imprensa fala. Mas tem que ter serenidade. O ano já foi muito bom. O reconhecimento da torcida já é o mais importante para mim. É o que me faz treinar com bastante dedicação. O momento em que eu entro em campo é muito marcante para mim, quando eu vejo várias criancinhas querendo entrar comigo. Isso me faz sentir muito valorizado – finalizou.

Marcado: ,
Posted in: Futebol