Kleber, Love, Tardelli, J.Bottinelli… Grêmio incendeia o mercado

Posted on novembro 10, 2011 por

0


Faltam cinco rodadas para o final do Campeonato Brasileiro, mas a disputa não impede a diretoria do Grêmio de executar o planejamento para 2012.

Enquanto o técnico Celso Roth e os jogadores pensam apenas no Palmeiras, adversário do próximo domingo, o diretor-executivo Paulo Pelaipe vasculha o mercado do futebol em busca de reforços.

Os alvos principais estão na defesa e no ataque. Diversos contatos foram realizados, com clubes e empresários, em busca de informações sobre questões contratuais – término, eventuais multas, gratificações e salários.

Na Argentina, Pelaipe conversou sobre o zagueiro Jonathan Bottinelli, irmão do meia Bottinelli do Flamengo. Vinculado ao San Lorenzo, o jogador envolveu-se em uma briga com torcedores da barra-brava local, e foi afastado das atividades normais há poucos dias. Especula-se ainda que, no Brasil, Pelaipe queira Emerson, do Coritiba – informação não confirmada pelo dirigente.

E na Europa ele está atento aos centroavantes Vágner Love e Diego Tardelli, ambos na Rússia. O empresário de Love, hoje no CSKA, foi procurado para transmitir ao Grêmio as informações básicas sobre seu contrato; já Tardelli é uma alternativa cogitada caso não se chegue a um acerto com Love.

A única negociação admitida, entretanto, é com Kleber. O centroavante do Palmeiras esteve em Porto Alegre na quarta-feira à noite. Reuniu-se com o executivo-geral do Grêmio, Cristiano Koehler, acompanhado do empresário Giuseppe Dioguardi, na casa do também empresário Jorge Machado.

Pensava-se que dali sairia para anunciar o acerto, mas Kleber preferiu voltar a São Paulo para “pensar”. Os gremistas temem que o jogador tenha retornado para negociar com outro clube. Kleber deve responder se aceita ou não a proposta gremista ainda nesta quinta.

Enquanto as especulações não param – alimentadas na imprensa esportiva pelos empresários que avisam quando Pelaipe busca informações sobre jogadores, quaisquer que sejam as dúvidas do dirigente – ele prefere aplacar a ansiedade dos repórteres e dos torcedores sem confirmar nada.

– A única negociação que posso admitir é com o Kleber, que se tornou pública lá em São Paulo, não partiu de nós a notícia. E eu tive de admitir porque já era pública e eu não posso atrapalhar o trabalho de vocês (jornalistas). Mas não falo sobre nenhum outro nome – afirmou Pelaipe.

Por enquanto, o único reforço confirmado é o zagueiro Grolli, ex-Chapecoense. Outros 12 atletas emprestados pelo Grêmio retornam ao clube no final da temporada, mas poucos serão reaproveitados.

Posted in: Futebol