Protesto da torcida marca a manhã de treinamentos na Toca da Raposa II

Posted on setembro 24, 2011 por

0


O clima na Toca da Raposa II, definitivamente, não é dos melhores. Na manhã deste sábado, antes do último treino preparatório para a partida contra o Vasco, neste domingo, às 16h (de Brasília), na Arena do Jacaré, em Sete Lagoas, centenas de torcedores se aglomeraram em frente ao centro de treinamentos do Cruzeiro. Todos protestaram contra a péssima fase da equipe no Campeonato Brasileiro. Atualmente, o time está na 15ª colocação, com apenas 29 pontos, muito próximo da perigosa zona de rebaixamento.

Os torcedores gritaram palavras de ordem e confrontaram com os jogadores que chegavam para o treino. Ofenderam jogadores, aplaudiram Fábio, Montillo e Walysson. Depois, houve confronto entre os torcedores, e a Polícia Militar teve que jogar bombas de gás lacrimogênio para apartar os ânimos.

Nessa sexta-feira, os muros da Toca da Raposa II já haviam sido pichados, com cobranças ao presidente celeste, Zezé Perrella.

Segundo o sargento Francis, da 15ª Companhia da Polícia Militar, aproximadamente 250 pessoas estavam no protesto. Além de bater nos carros dos jogadores, chegaram a arremessar pedras no portão da Toca II, mas nada foi danificado. Em determinado momento, a polícia teve que intervir em uma briga entre os torcedores, mas rapidamente se dispersaram. Ninguém ficou ferido nem foi preso.

Posted in: Futebol